SEJA BEM VINDO (A)!!!

O objetivo deste Blog é a interação entre as mais variadas formas de Arte, Consciência através do conhecimento e a busca por um crescimento Espiritual, em um aprendizado através da realização das obras e vida de seus autores.

domingo, 30 de maio de 2010

METAFÍSICA E A LÓGICA DA VIDA



"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida."
 (Vinicius de Moraes)


Caros amigos gostaria de dividir, muito das minhas dúvidas e, um pouco de certezas pessoais, especialmente nesse momento em que nos encontramos; cada vez mais desagregado no sentido de convívio, tolerância, amor entre as pessoas, principalmente as mais próximas (não sei como classificar, feliz ou infeliz momento de separação); todavia cabe alguma concatenação de fatos e situações, ou acertos e erros da humanidade.

Bem. É sabido que estamos aqui na Terra assim como uma criança está no jardim de infância. Isso serve para que a criança adquira o convívio social, e aprenda as regrinhas básicas de saber obedecer a um adulto (professor), não roubar nem bater no coleguinha, etc, etc, além do aprendizado intelectual e físico. Se vocês meditarem por um tempo, vocês terão um breve lampejo do porquê de estarmos aqui... com a diferença de que os "professores" são, na maioria das vezes, invisíveis aos olhos, e se utilizam de outros "coleguinhas" para passar suas lições.

Com isso em mente, percebemos o ridículo de muitos garotinhos do jardim de infância que se acham superiores aos outros por ser "assim" com o diretor da escola, ou até mesmo que dizem cumprir ordens diretas do dono da escola.

Quando fala-se em espírito evoluído, já se imagina logo alguém de toga, todo brilhante, culto, limpinho... mas a evolução espiritual é aprender o que nenhum livro ou escola pode ensinar eficazmente, que é conviver em harmonia com tudo e todos ao seu redor, bom ou ruim. Buda, Krishna, Jesus e Sócrates (entre outros), espíritos evoluidíssimos, vieram ensinar alguns passos para atingir esse modo de vida; todos, como uma Flor de Lótus, estiveram em um pântano e não perderam sua beleza, não se sujaram.

Quem realmente consegue dar a outra face?

Quem consegue deixar lhe roubar a capa, e ainda dar a túnica ao ladrão?

Parece ser mais fácil achar espíritos evoluídos no interior, em alguma gruta, em contato com a natureza; mas, será que o auge da evolução é abandonar tudo e ir viver solitariamente, em pura contemplação?

Será que, atingindo um estado de paz consigo mesmo, não será mais preciso retornar a esse planeta atrasado?

Porque é muito fácil ser bom quando se tem uma vida boa. É cômodo, e até mesmo um egoísta vai ser uma boa pessoa enquanto não mexerem com o que é dele.

Se você considerar que nós somos Deus (eu, você, a pedra, o ar), sim. Nós colocamos em movimento a "engrenagem" do mundo (a Roda de Samsara) e somos responsáveis por sua manutenção. Se fazemos nosso trabalho errado ou displicentemente, a engrenagem defeituosa (ou mal operada) será nossa responsabilidade moral, e de alguma forma teremos de arcar com as conseqüências disso, o que nos obriga a consertá-la. Notem que não tem nenhum velhinho de barbas brancas julgando ninguém.

Quando morremos deixamos nosso veículo carnal voltar à Terra, de onde veio (do pó ao pó), e sobram outros corpos mais sutis, que com o tempo vão se decompondo. Ora, se a vida aqui é uma droga, porque não há de ser melhor do "lado de lá"? Vemos na doutrina espírita relatos dos planos superiores, e mesmo nos planos mais próximos a nós (como na cidade espiritual Nosso Lar) já é uma maravilha! Por que então nossa evolução não se processa lá mesmo?! Não seria muito mais fácil, prático? Lembraríamos dos nossos erros do passado e faríamos as pazes com os nossos inimigos, porque saberíamos as consequências com antecedência! Muito bom, né? Será que Deus não pensou nisso?

Visto assim, até parece que nós somos melhores administradores que Ele, aí é que entra a "sacanagem de Deus", porque o "dono da escola" passa de ano não aqueles que aprenderam a teoria, mas sim os que dominam na prática o assunto. Ele quer que as pessoas sejam livres para errar e acertar, para que cada um aprenda no seu próprio ritmo, mas tendo de arcar com as conseqüências de suas escolhas.

Mas, novamente, por que não posso fazer isso desencarnado?

Poder até pode, mas o "ambiente" nao é dos mais propícios. Indo para o plano astral, o controle das emoções é mais difícil e quase não há "atrito". Se você está num plano mais elevado, o clima do ambiente "contamina" você, e é por isso que não há problemas de espíritos trevosos fazendo "arrastão" nos planos superiores, porque a própria vibração do local é um impedimento pra eles, como um peixe que não pode viver fora do mar. Do mesmo modo, os seres que vivem nos planos superiores penam horrores quando precisam se manifestar nos planos mais densos.

A têmpera do aço se forma através do choque de temperatura: frio e calor. Dualidade.

Ao experimentar os extremos o aço pode atingir o equilíbrio entre rigidez e flexibilidade. Como o bambu, que é rígido e ao mesmo tempo flexível. Como o Mestre, que é sábio e ao mesmo tempo sabe que nada sabe. Todo o pensamento Zen budista se volta para essa arte de "andar na navalha da vida".

Ações valem mais do que palavras...

… Muita paz, discernimento e sempre, boas intenções.

Fred Domingos

Um comentário:

  1. Adorei a postagem...concordo com tudo e em tudo...além disso, prefiro os textos com uma abordagem mais pessoal, que refletem a opinião do autor, seus pensamentos.
    Continuo esperando outras postagens!
    Buscando a melhoria contínua...

    ResponderExcluir

Bem vindo ao meu Blog. Seu comentário é muito importante pra mim!!! Caso queira receber as atualizações é só cadastrar no canto direito no TAG "RECEBA POR E-MAIL". Obrigado e volte sempre!!!